A cada dia que passa, vão surgindo mais detalhes de Background que vão pavimentar o caminho até 15 de Dezembro, data de lançamento de Star Wars: Os Últimos Jedi. O filme que promete levar os fãs a novos planetas que serão pegos no meio do fogo cruzado entre a Resistência, comandada pela General Leia e a Primeira Ordem, que busca vingança após a destruição da Base Starkiller.

Como até o momento, só tivemos um teaser, não tem muito que a gente possa dizer sobre quais são. Sabemos através de outras notícias e vazamentos que populam a internet e levam os fãs a loucura.

Um desses planetas é Crait, um planeta de exploração mineral que aparentemente é uma base da Resistência e um ponto de alto valor estratégico. O planeta, no entanto, não é um estranho para quem acompanha o Universo Expandido. No livro Leia: Princesa de Alderaan, aprendemos sobre a importância de Crait no passado da então Princesa Leia Organa. E parece que não ficou só por aí. Anos mais tarde ela voltou ao planeta com Luke Skywalker. E é isso que veremos em Star Wars: The Last Jedi – Storms of Crait.

Esse One shot será lançado em Dezembro, e conta com roteiros de Ben Acker e Ben Blacker e com a arte de Mike Mayhew. A HQ se passa durante a trilogia original, provavelmente entre Episódios IV e V, onde a então Aliança Rebelde estava procurando por uma nova base, após a Batalha de Yavin. A capa, feita pelo artista de Star Wars: Journey to The Last Jedi – Capitain Phasma, Marco Checchetto está abaixo em toda a sua glória:

O Diretor de Episódio VIII, Rian Johnson deu uma declaração a Entertainment Weekly em Abril, dizendo que Crait “está por aí. Ainda não foi descoberta. É um planeta mineral e portanto existem várias minas lá. […] Existe também uma antiga base da Rebelião que agora está abandonada, mas terá um papel-chave no filme”.

Star Wars – Storms of Crait #1 será lançado nos EUA no dia 27 de Dezembro, menos de duas semanas após a estreia de Os Últimos Jedi, que estréia dia 15 de Dezembro.

O que vocês acham? Será que a colônia de exploração virou uma base rebelde? Por que será que eles tiveram que a abandonar? Tô bem ansioso aguardando as respostas, deixe aí nos comentários a sua opinião

Deixe uma resposta