Estávamos vivendo nossas vidas normalmente até que a Rede Globo informou sobre a nova minissérie que deverá ir ao ar às terças-feiras no horário nobre: Supermax, do gênero suspense/terror. Desde então, a inquietude cresce a respeito do assunto – o que deu na Globo pra criar uma série de terror?

Infelizmente, o gênero não é um dos fortes na cinematografia brasileira. São poucas as obras de terror que encontramos em terras tupiniquins depois da era Zé do Caixão. Este ano tivemos O Caseiro que recebeu bastante destaque antes de sua estreia, mas que não repercutiu muito depois. Em 2014, Quando Eu Era Vivo também teve bastante rebuliço na internet, mais pelo fato da Sandy fazer parte do elenco do que pela história de terror em si.

Sandy mostrando que é possível ter prazer fazendo filme de terror.

Sandy mostrando que é possível ter prazer fazendo filme de terror.

Pensando por essa perspectiva, é bem legal que Supermax esteja à frente de uma possível nova fase de minisséries brasileiras, mas a recepção do público ainda é incerta. Será que o trabalho vai ser bom? Neste território de incertezas, vou preparar o terreno pra vocês verem o que vem por aí!

Supermax se passa em um presídio de segurança máxima localizado no meio da Floresta Amazônica. Doze fulanos são jogados lá para participarem de um reality show COM O PEDRO BIAL DE HOST HAHAHAHA. Quem vencer o reality que é tipo um Big Brother Brasil do mal ganha a bagatela de dois milhões de reais. Até aí, tudo certo. O problema é que em determinado momento do programa, os participantes perdem o contato com a produção e coisas bizarras começam a acontecer na prisão, como demônios sem olhos, gente morta, animais esfolados, Cléo Pires de dreads, entre outros.

Cléo Pires em Supermax

A Globo já lançou alguns trailers na internet e no GShow, o mais recente deles, que apresenta um pouquinho dos personagens, você confere abaixo.

Ok, não sabemos o que nos espera, mas não podemos negar que a série está repleta de boas referências, principalmente nos campos ação, suspense e terror. Na minha humilde opinião, essa história de reality show onde as pessoas se matam é um pouco manjada, outros títulos famosos com temáticas parecidas foram precursores desse enredo, como Jogos VorazesBattle Royale e Maze Runner, mas devemos dar um crédito para Supermax por ser uma iniciativa brasileira. Além disso, achei algumas coisas bem parecidas com o filme VHS, principalmente o trailer sequencial com os eventos sobrenaturais, e The Walking Dead, pela relação dos personagens com o confinamento na prisão. Ganharam pontos.

Mariana Ximenes muito gótica suave

Mariana Ximenes muito gótica suave

A minissérie vai ao ar na próxima terça-feira, dia 20, e conta com Mariana Ximenes, Cléo Pires, Pedro Bial e elenco. Ficou com vontade de assistir?

Deixe uma resposta