Fala, galera!

Hoje era pra rolar mais um episódio da série sobre Mitologia Greco Romana, mas vamos deixar isso pra depois e falar de algo um pouco mais atual. Se você quiser ler sobre os deuses, pode ler aqui os episódios 1 e 2, mas eu recomendo calorosamente que você continue a ler este post.

O assunto de hoje: Sense8, a nova série da Netflix, criada e dirigida pelos irmãos Wachowski e por J. Michael Straczynski. A primeira temporada foi disponibilizada dia 5 na Netflix e desde então eu não consigo parar de assistir.

sense8

O enredo

A história gira em torno de 8 estranhos de diferentes partes do mundo que de repente são ligados mental e emocionalmente, e começam a passar por experiências diferentes. São pessoas completamente diferentes: gênero, cultura, orientação sexual, religião, visão política. Tem um policial americano, uma DJ de Londres, uma trans, uma indiana religiosa, um alemão cético, um mexicano gay, um cara de Nairobi e uma coreana, cada um vivendo sua vida. E aí, de repente, todo mundo tá conectado.

Enquanto eles tentam descobrir como e porque estão conectados dessa forma, um cara estranho chamado Jonas tenta ajudá-los, e um cara ainda mais estranho chamado Whispers começa a caçá-los. Em cada episódio, eles interagem uns com os outros e descobrem o que os torna tão diferentes um dos outros, e o que eles têm em comum.

Por que você deve assistir?

Olha, eu não sou tão fã assim dos trabalhos dos irmãos Wachowski, com exceção de Matrix e Cloud Atlas, mas dessa vez eles se superaram. Sense8 é uma das séries que mais gostei de assistir nos últimos tempos – e eu tenho assistido muitas, muitas séries. A forma como a conexão entre os sensates é tão abstrata e ao mesmo tempo parece tão natural que eu acho que aceitaria normalmente dividir uma conexão com outras 7 pessoas. Ao mesmo tempo, tem um certo tom de crítica social ao relatar a vida de uma trans que não é aceita pela família e de um gay que não pode assumir a própria sexualidade. Realmente, tô aqui aplaudindo.

A temporada completa está disponível no Netflix. Corre lá! ;D

Deixe uma resposta