Que a Neftlix se tornou uma produtora gigante de séries e filmes, a gente já sabe. Disputando audiência em pé de igualdade com canais de TV como HBO e Fox, a empresa que ficou mundialmente conhecida pelo seu serviço de streaming a preços acessíveis é responsável pela criação de grandes séries como Orange is the New Black, Marco Polo, Sense8, Making a Murderer, Narcos, Stranger Things e filmes como Beasts of No Nation.

Mas não são apenas de séries e filmes que vivem as produções do Netflix. A empresa também passou a investir em animes: os dois títulos mais famosos são The Seven Deadly Sins e Ajin.

Se você curte ação e violência gratuita em um mundo onde seres humanos “caçam” outros seres humanos, Ajin é uma ótima pedida.

Sinopse

No universo do anime, existem pessoas que simplesmente não morrem. Eles são chamados de ajins e não são sequer considerados seres humanos pela população global. Como se não bastasse esse repúdio, os ajins são caçados pelo governo para serem cobaias em testes e pesquisas científicas. O grande problema é que apesar de não morrerem, eles sentem dores, então imagine o nível de tortura física e psicológica que essa galera sofre. Pesado, né?

No enredo, somos apresentados ao personagem Nagai, um adolescente que vivia sua vida normal de colegial até sofrer um acidente de trânsito e morrer… ou não! Após o acidente, Nagai descobre que é um Ajin e corre contra o tempo contra a perseguição do governo para capturá-lo, descobrindo pouco a pouco a extensão de seus poderes e mudando sua própria personalidade.

Se interessou? Todos os episódios da primeira temporada estão disponíveis no Netflix e a segunda já tem previsão de lançamento para Outubro. Além disso, esse mês foi lançado o primeiro volume do mangá, que você encontra nas bancas de jornais pela bagatela de R$ 17,90.

Demogorgon?

Deixe uma resposta