Não é Darth Plagueis, não é Mace Windu e definitivamente não é o retorno de Palpatine. Até agora, apesar dos melhores esforços dos fãs, temos muitas teorias, várias idéias no ar, mas na prática não sabemos quem é o Supremo Líder Snoke. E nem adianta se animar, por que essa resposta não virá em Episódio VIII.

Pelo menos não a resposta completa. Segundo Rian Johnson, diretor do filme, Snoke nem tem tanto tempo de tela assim em Os Últimos Jedi. Mas isso não quer dizer que o mistério não comece a ser revelado, começando por colocar um foco no lugar de onde ele veio, seja lá quem (ou o quê) ele for.

Na avalanche de rumores sobre a nova trilogia Star Wars, muito se falou que ele é um personagem muito grande e que em Episódio VIII, seria utilizado um boneco, como efeito prático, sendo que Andy Serkis faria apenas a dublagem, sem captura de movimentos envolvida.

Por outro lado, algumas imagens dos novos kits LEGO vazaram e contradizem isso, já que o boneco do Snoke não é gigante, tem tamanho normal (pelo menos perante os outros bonecos) e pasme, cor de pele, enrolado em um robe dourado. Depois disso a própria Lucasfilm confirmou que apesar da aparência humana, ele é alienígena e de origem reptiliana.

Não esse tipo de reptiliano. mas alguma coisa assim, eu acho.

De qualquer maneira, apesar de claro, ser um vilão e os fãs de Star Wars serem por vezes um tanto obsessivos com detalhes, parece que realmente tem muito mais atrás desse véu de mistério que a Lucasfilm colocou em torno dele. É justamente isso inclusive que faz com que os fãs fiquem obsessivos e esse ciclo de teorias malucas permaneça aí e assim, tudo normal, faz parte do show. Mas sempre faz eu me questionar sobre o papel dele na trama. Pai da Rey? Há quem acredite nisso aí, o que tornaria Daisy Ridley a humana-réptil mais graciosa da galáxia.

Maluquices de lado, o rumor da vez é que o personagem Snoke, começará a ser revelado pela sua região de origem. Claro que a gente sabe que ele provavelmente veio das regiões desconhecidas da galáxia, mas a partir de Episódio VIII, essa parte da galáxia começará a ser explicada e com isso teremos uma noção melhor de quem é Snoke e de onde surgiu essa sombra tão maligna.

E apesar da obsessão dos fãs, a Lucasfilm já refutou oficialmente a maioria das teorias malucas. A declaração oficial é a de que Snoke é um novo personagem, que já está por aí há muito tempo. Então vamos logo parar de frescura e admitir que ele está além do universo conhecido nos cinemas.

As regiões desconhecidas

Oficialmente a região além da Orla Exterior. Sabemos que Palpatine esteve, em algum momento próximo à queda do Império, fascinado com o que havia além da orla. Alguns diriam que ele ficou obsessivo com isso e que enviou diversas missões de exploração para a região. Ele sentia algo o chamando de lá, mas não conseguia saber o que era através da Força, portanto mandou equipes de exploração e estabeleceu alguns lugares como observatórios, sendo Jakku um dos mais imporantes.

E nós já temos um personagem dessas regiões desconhecidas no cânon oficial. O Grande Almirante Thrawn é da espécie Chiss, uma raça que tem origem nas regiões desconhecidas. Foi assim inclusive que ele conseguiu entrar e subir nos ranks do Império. Afirmando que havia uma ameaça se formando por lá nas regiões desconhecidas que poderia acabar com o Império. Tudo isso que eu contei aqui, resumidamente no novo livro sobre Thrawn, de Timothy Zahn, a ser lançado ainda por aqui. Outros detalhes sobre o período entre os Episódios VI e VII também podem ser encontrados na trilogia Marcas da Guerra, que tem só o primeiro livro em português por enquanto e teremos também detalhes na campanha solo do jogo Star Wars: Battlefront 2.

Os remanescentes do Império foram encarregados por Palpatine, com protocolos de contingência, onde os remanescentes deveriam traçar uma rota de fuga e sair da galáxia, rumo a essa região. Mas claro que isso só foi desencadeado após a morte do Imperador. Esses arranjos permitiram que esse caminho fosse traçado direto para o espaço desconhecido, a partir do observatório em Jakku, tipo uma deep web, só que galáxia. Assim nasceu a Primeira Ordem.

O Testamento mais creepy que você verá na sua vida é esse.

Quando eles partiram, tinham um líder, Gallius Rax (que também não é o Snoke, sorry), mas quando ressurgiram na galáxia conhecida, o Líder Supremo já era o Snoke, com todo o mistério e aparentemente um robe dourado e o tal anel com um cristal Kyber preto, que dizem que ele tem em um dos dedos. E isso é a grande vantagem da Lucasfilm. Como ele é um personagem que vem de uma região inexplorada, ele pode ser qualquer coisa, que vai ser revelada só em Episódio IX, esperamos. Isso sem contar todos os materiais do universo expandido que virão para contar detalhes sobre as regiões desconhecidas, os planetas. É quase como uma caixa de areia nova, zero km, só esperando o Storygroup da Lucasfilm colocar as mãos nele.

Então amigos, relaxem, deixem as teorias de lado. O Snoke é o Snoke e a gente só vai descobrir mais sobre ele à partir de Dezembro. O jeito é segurar a ansiedade mesmo.

Deixe uma resposta