Os anos de ouro dos filmes de ação pancadão teve muitas estrelas, e entre tantas teve uma que se destacou: Arnold Schwarzenegger. O cara tava em todas, desde bárbaro até robô do assassino do futuro. Não a toa ele aparece novamente na nossa Sessão Homão da Porra, só que dessa vez o herói americano luta contra forças que estão além desse planeta chamado Terra; senhoras e senhores, abram alas para um dos maiores clássicos de ação de todos os tempos: O PREDADOR

A história do filme segue uma trama já bem conhecida do público: Liderado pelo major Dutch “fodão” Schaeffer (Schwarzenegger), um comando especial de resgate dos EUA chega às matas da América Central para salvar um bando de soldados sequestrados por guerrilheiros durante uma missão. No meio da operação, eles são seguidos e atacados por um inimigo invisível e sanguinário que vive camuflado na selva e caça humanos por esporte. O objetivo do grupo passa a ser a própria sobrevivência, lutando contra o pior oponente que já enfrentaram enquanto a criatura os persegue um a um.

O filme contou com todos os requisitos da época para ser um sucesso: um protagonista bombado fodão, um bando de caras xucros armados até os dentes, um ambiente hostil num país cheio de conflitos, um grupo de figurantes latinos que só serviam para tomar tiro e um vilão inesquecível.

Para falar a verdade o filme é bem pobre. Logo de cara fica evidente que todo o orçamento foi gasto em duas coisas: maquiagem do Predador e elenco. E que elenco! o filme contou apenas com: Arnold Schwarzenegger, Jesse Ventura, Shane Black (sim o diretor do Homem de ferro 3), Carl Weathers (o eterno Apollo Creed), Bill Duke e entre outros.

Tá, mas por que esse filme tá na lista Homão da Porra?

Além do elenco de brucutus, essa obra prima contou também com alguns dos momentos mais Homão da Porra do cinema. Confira abaixo:

O Cumprimento entre duas lendas:

Logo nos primeiros momentos já nos deparamos com um aperto de mãos meio brutu:

A cena é tão boa que rendeu algumas variações, como a de baixo:

Balas infinitas

Numa das cenas, mais especificamente quando Bill Duke vê o Predador pela primeira vez, todos os atores do filme se reúnem e atiram como se não houvesse amanhã. E o melhor: cada hora entra mais um brutamontes atirando sem nem saber o porque o que estão tentando acertar, simplesmente chega metralhando:

Cortando a peitola fora

Em certo momento do filme um dos integrantes do esquadrão especial decide enfrentar o Predador na mão mesmo, e para isso o cara primeiro passa a faca no peito de ponta a ponta. É macho ou não é (ou só bobo mesmo?):

Só com as mãos

No duelo final do filme, Schwarzenegger, já sem balas ou armamento avançado, decide enfrentar o ET assassino apenas com os punhos e com as armas e armadilhas que ele conseguiu fabricar com o que a floresta forneceu, enquanto o caçador intergalático vai com camuflagem invisível, mira laser, sensor de calor, arma com detector de movimentos e tudo que tem direito:

Barbear rente e sedoso

CURIOSIDADES

  • A ideia do filme foi inspirada em uma piada. Durante o lançamento de Rocky IV (1985), existia uma conversa em Hollywood que o próximo oponente de Rocky seria um alienígena.
  • A trama original tinha Dutch Schaefer enfrentando o predador sozinho. Arnold Schwarzenegger achava que isso era uma péssima ideia e sugeriu a inclusão de uma equipe.
  • Inicialmente o Predador seria parecido com um inseto magro de olhos esbugalhados, mas o diretor John McTiernan não gostou do resultado. Em meio as mudanças, Arnold Schwarzenegger sugeriu Stan Winston, que anteriormente tinha criado o famoso esqueleto em O Exterminador do Futuro (1984)
  • De maneira indireta James Cameron ajudou na criação do Predador. Durante a produção de Aliens, O Resgate (1986), Cameron comentou para Winston que estava esboçando ideias para uma nova criatura. Disse que sempre quis ver um monstro com mandíbulas. Winston aproveitou a ideia, mas no desenho final mencionou a conversa como inspiração.
  • O filme quase recebeu o título de Hunter. A mudança aconteceu após a alteração do visual do Predador.
  • Jean-Claude Van Damme seria o cara usando o traje do Predador. Relatos informam que ele teria sido demitido por reclamar demais sobre a roupa, outro boato é que desistiu por descobrir que não seria creditado e o terceiro teria relação com a sua altura.
  • Shane Black (interpreta o personagem Hawkins), mas na verdade foi contratado para realizar alterações no roteiro. Anteriormente Black tinha assinado o roteiro do sucesso Máquina Mortífera (1987).
  • O mapa que é mostrando para Dutch no ínício do filme pelo General Phillips, na verdade é um mapa do Brasil.
  • A nova versão do visual do Predador não foi muito divertida para Kevin Peter Hall. O traje final chegou próximo dos 90 quilos.
  • Foi feita uma tentativa de usar um macaco para obter o efeito do predador pulando entre as árvores. Um protótipo do que seria a tecnologia de captura de movimento, mas o animal ficava tirando a roupa e a ideia foi abandonada.
  • No final do filme, quem pilota o helicóptero é Kevin Peter Hall, o ator que interpreta o predador no filme.
  • O filme foi lançado em junho de 1987, completando 30 anos agora em 2017.
  •  A arma usada por Blain mesmo de festim, o ator teve que usar colete à prova de balas devido a força em que saiam os cartuchos.
  • A política fez bem a esse equipe contra “O Predador”: Dutch (Arnold Schwarzenegger) foi eleito Governador na Califórnia. Blain (Jesse Ventura) foi eleito Governador de Minessota e Billy (Sonny Landham) concorreu a Governador de Kentucky.

Por fim, fique com o trailer original do filme

Deixe uma resposta