Homem-Formiga, além de uma grata surpresa, colocou um ponto final à segunda fase do Marvel Cinematic Universe. E agora no dia 28 de Abril, nós vamos entrar na fase 3 do MCU, que já começa com uma porrada. Capitão América: Guerra Civil.

Como abertura da fase 3, Guerra Civil tem uma tarefa difícil pela frente. Manter uma história solo do Capitão e ao mesmo tempo dar início à uma nova série de filmes para a Marvel.

Ainda sofrendo sob os efeitos dos eventos de A Era de Ultron, Guerra Civil vai ter que iniciar a mudança de foco para a ameaça de Thanos em Guerra Infinita partes 1 e 2. Para complicar um pouco mais a situação, alguns personagens que aparecem em Guerra Civil, só vão ter seus filmes solo mais pra frente. Ou seja: arriscado, porque são muitos assuntos a serem cobertos em um filme só. São coisas e situações que vão dar um gostinho desses filmes que estão por vir, mas que não fazem necessariamente parte da trama de Guerra Civil.

Mas o que a gente pode esperar? Quais são esses subplots que podem aparecer como dicas só para serem explorados mais tarde? Separei alguns que me parecem interessantes:

 

 

A aparição de uma nova Jóia do Infinito

Não é segredo pra ninguém que a fase 3 vai terminar em uma batalha de proporções épicas contra o Titã Louco, Thanos. Ele provavelmente vai estar de posse da Manopla do Infinito. Mas para que ela funcione, ele precisa de todas as 6 Jóias do Infinito. Só que elas não foram todas introduzidas até agora.

Tanto a Jóia da Alma, quanto a do Tempo ainda não deram as caras e a introdução de pelo menos uma na Guerra Civil faria essa relação direta com o clímax desse arco de histórias. O problema é que o tema mais urbano, com aquela pegada de thriller de espionagem não bate muito com a temática galática.

De qualquer maneira, seja como parte da trama, ou como cena pós créditos seria uma boa, porque pelo menos por enquanto, esses objetos são as coisas mais importantes do MCU, que tem permeado quase todas as histórias e movido o próprio MCU pra frente.

 

Menção a aventuras galáticas

Como eu disse anteriormente, esse filme parece e deve ser um filme intimamente ligado à terra. Apesar do soro do super-soldado, Rogers não sobreviveria a um passeio no espaço sem equipamento correto. O MCU tem muito mais ligação com o nosso planeta, claro. Mas mesmo que não tenhamos nada no espaço, seria importante dar uma dica do que existe lá fora. Sim eu estou falando dos Guardiões da Galáxia.

Esse filme, à primeira vistsa parece mega deslocado e solto da cronologia assim como a ameaça de Thanos. Ambos bem distantes de tudo que está acontecendo. Então seria um momento interessante para começar a dar dicas e deixar pontas soltas nesse sentido, já que essa mesma fase 3 se encerra com um grande problema cósmico aterrisando na Terra. Na forma de um alien gigante, poderoso, passivo-agressivo, maluco e roxo, chamado Thanos. Por mais que as aventuras do MCU tenham uma base mais estabelecida aqui na Terra, todo o pano de fundo tem o pé fincado na galáxia e essa é a primeira chance grande de começar a costurar tudo.

 

A introdução da Magia

A primeira vista, o universo místico da Marvel, a ser apresentado em Doutor Estranho parece tão descolado do MCU quanto os Guardiões da Galáxia. Mas o ponto principal é que em breve o foco vai ser justamente a magia. Passando a estréia de Guerra Civil, todas as atenções se voltam para Doutor Estranho, que estréia em Novembro.

Claro que um filme basta para estabelecer todo esse lado místico do Universo Marvel, mas uma dica em Guerra Civil poderia contribuir e já adiantar, estabelecendo credibilidade e para começar a construir esse mundo do Doutor Estranho. Poderia significar também que outros personagens estão cientes de que existe essa força-chave no universo e serve por tabela para mostrar isso para a platéia. Existem outros tipos de herói, diferentes desses que conhecemos.

Isso pode ir além da introdução do próprio Stephen Strange no filme, não precisa ser tão literal. Um jeito de fazer a coisa acontecer poderia ser através da Feiticeira Escarlate. E antes que você xingue, eu sei que os poderes dela não são mágicos, mas aprofundar um pouco a história dela e os poderes certamente poderia levar a evidências da existência de seres mágicos como Barão Mordo ou Stephen Strange.

O futuro do Homem-Formiga

Difícil dizer, já diria Yoda. Foi anunciado um filme do Homem-Formiga e da Vespa. O primeiro filme, com aquela temática de assalto, meio misturado com uma vingança e tal, funcionou uma vez, mas acho difícil dar certo de novo se for, essencialmente, uma repetição do primeiro. Senão entra numa parada meio 11 Homens e um Segredo.

O filme pode até cair por uma parada meio espionagem industrial, ou contra algum sabotador. O Homem-Formiga não tem lá uma brilhante galeria de vilões ou arcos inesquecíveis, daquele tipo que precisa virar filme, então precisamos de mais detalhes antes de julgar ou falar qualquer coisa. Ninguém sabe muito bem como vamos encontrar Scott Lang em Guerra Civil e vai ser uma boa oportunidade para saber mais sobre o personagem e quais são seus objetivos.

Apresentar Wakanda

Mesmo que por enquanto suas aparições sejam breves no trailer, o Pantera Negra já tem um hype gigantesco em torno de si. Ele poderia facilmente roubar a cena e ser O personagem no filme. Inclusive deve ser um desejo da Marvel, já que ele vai ganhar o seu próprio filme.

Nós sabemos que a nação africana de Wakanda, casa do Pantera vai ter um papel-chave nos eventos de Guerra Civil, já que a sequência de início parece ser lá. O trailer também deu a entender que o pai de T’Challa será assassinado e o príncipe vai assumir o manto para investigar o que de fato ocorreu.

O importante aqui é não entregar demais. Se o filme mostrar demais da monarquia de Wakanda, não vai sobrar muito para o filme do Pantera, mas assim como eu falei sobre Doutor Estranho seria legal dar uma provocada na platéia com algumas dicas sobre essa parte tão fascinante do Universo Marvel, mas deixando um mistério. Quem gostar que volte para ver o filme solo.

A nova SHIELD

Desde os eventos de O Soldado Invernal, em que descobrimos que a HYDRA estava infiltrada na SHIELD, a organização foi desmantelada e hoje em dia opera das sombras (e das séries em Agents of SHIELD). Mas para os efeitos de cinema, pelo menos por enquanto, ela foi desfeita e o mundo segue sem ela.

Uma guerra entre super-humanos é a oportunidade pperfeita para trazer de volta a organização. Existe uma necessidade de regulamentar e vigiar os super seres e enquanto o General Ross é a cara do governo nesse episódio, o trabalho provavelmente pertencerá a SHIELD.

Claro que com tudo que aconteceu, a organização teria que voltar totalmente renovada. Uma teoria bem popular na internet, que repete os quadrinhos é de que o filme terminaria com Tony Stark como diretor. Mas não importa quem vai ser o responsável. No fim das contas a SHIELD vai voltar para o cenário e esse filme parece a melhor chance de fazer isso acontecer.

 

 

Os Mestres do Terror

Tá, o trailer foi legal e tem todo um hype com o Pantera, com o Aranha e tal. Mas até agora NADA foi falado sobre o vilão do filme. Pensando em quão pouco falaram dele, ou vai ser alguma surpresa enorme, ou vai ser um vilão bucha, pra ser eliminado no começo do filme. O Barão Zemo, interpretado por Daniel Bruhl.

O próprio ator declarou que o filme pode não ser o fim do personagem, como é o padrão para os vilões Marvel e o produtor Nate Moore, deu a entender que o personagem estava sendo apresentado. O que me faz pensar que um cenário possível então é que ele escape e funde o famoso grupo de vilões, Os Mestres do Terror.

Reunidos, esses vilões podem representar uma ameaça grande para os Vingadores em Guerra Infinita, como se Thanos não fosse um problema suficiente. Liderando os vilões contra os heróis que sobraram na terra, o grupo de Zempo pode ainda ser o motivo para trazer de volta personagens antigos, incluindo aí o Ossos Cruzados, caso ele escape com vida desse filme.

Estabelecer um grande vilão mais terrestre para a fase 3 pode ser um belo elemento para filmes focados aqui, já que nem tudo vai poder ser sobre Thanos e Jóias do Infinito. Além de colocar um grupo de vilões efetivamente em ação contra um grupo de heróis.

O background do Homem-Aranha

Eu sei o que você vai dizer. Tá cansado de ver as origens do Aranha no cinema, todo mundo já conhece, sabe como é. Grandes poderes blá blá blá. Mas é impossível negar que ele foi o personagem que causou o maior frenesi nesse trailer. Então a Marvel mostrou o uniforme e a voz e os olhos que se mexem na máscara e tal, mas de resto, não sabemos nada.

O mais provável é que em Guerra Civil ele faça só uma participação mesmo. Mas acho que durante essa participação seria legal um background, pelo menos resumido, pra termos idéia de que tipo de Homem-Aranha nós veremos no cinema a partir de agora. Sabemos que ele está no colégio, mas ele vai estar tranquilo com relação aos seus novos poderes? Apaixonado pela Mary Jane? Sendo acompanhado por Norman Osborn, como um tutor?

Existe muita coisa sobre o personagem, certamente muita coisa a ser respondida e certamente não estará em Guerra Civil, mas simplesmente jogar o personagem lá, apesar de um belíssimo fanservice, também pode não ser uma boa.

O começo da transição

A fase 3 marca o começo de uma nova era para o MCU e é importante que a Marvel comece a fazer a passagem de bastão da velha guarda para a nova. Capitão América, Homem de Ferro, Viúva Negra e Gavião Arqueiro provavelmente terão papéis centrais tanto em Guerra Infinita quanto em Guerra Civil, mas até chegar a hora, é importante que eles fiquem como personagens secundários, dando a chance de os novos personagens brilharem.

Um jeito de lidar com isso é, obivamente, matá-los. Especialmente considerando o final da HQ Guerra Civil, é até meio óbvio que um dos personagens principais vai bater as botas no final. Para os outros, uma semi-aposentadoria ou um tempo de sumiço pode resolver bem. Com as implicações da Guerra Civil é um bom momento para afastar alguns personagens e deixar o terreno livre para os novos, aproveitando a fase 3 para consolidá-los como Os Novos Vingadores.

A geração anterior não vai ser exterminada nem nada, os novos vem pra preencher suas vagas. Como eu já falei antes de Pantera, Homem Aranha, Dr. Estranho chegando e tal, ainda tem o Visão, a Feiticeira Escarlate, o Falcão, o Soldado Invernal, que vão ajudar a reconstruir a equipe no MCU.

Claro que com tantos personagens, vai ser um milagre se todos tiverem uma cena como grande protagonista ou diálogos que os marquem na tela. Mas se esses são os rostos q vão tocar a franquia dos Vingadores adiante, com os antigos heróis afastados e os atores em outras franquias, então eles precisam de tempo para brilhar também.

O que a gente não pode esquecer é que Guerra Civil ainda é um filme do Capitão América, e com tudo isso que eu falei ainda sim ele é o protagonista e tem que ter mais atenção que todo o resto. Mesmo assim é importante que esses personagens sejam tratados com carinho e hypados, pra pavimentar o caminho para o futuro da Marvel no cinemas.

Deixe uma resposta