Homem-Aranha: De Volta ao Lar é um sucesso de crítica e público. Até agora eu vi uma pessoa só, cuja opinião eu respeito MUITO, dizer que não curtiu, que não é o público para o filme e tal, mas de resto, só glórias. Mas dando um passo para trás para olhar o cenário macro, é seguro afirmar que muita coisa importante para o MCU acontece nesse filme. Ainda que não seja explícito. E durante o filme, ainda surgem algumas questões sobre o futuro do Universo Marvel nos cinemas, pontuando pequenas coisas que podem ser um ponto de partida para desdobramentos bem maiores. Claro que a venda da Torre dos Vingadores, ou o novo escudo protótipo do Capitão América são coisas que chamam mais atenção; no entanto, como eu disse, dando um passo para trás pra olhar o quadro todo, temos um problema de continuidade. O ponto onde o filme se localiza na cronologia.

O tio vai explicar pra você. É só um pouco de matemática e nem vai doer. Prometo.

A Partir daqui, possíveis Spoilers. Você foi avisado.

O Filme começa com Adrian Toomes (Michael Keaton) e a sua equipe trabalhando na limpeza dos destroços da Batalha de Nova York – também conhecido como o fim do filme Vingadores, a batalha contra os Chitauri. Toomes é impedido de continuar a operação por agências governamentais. E aí que dá o problema. O filme começa mesmo OITO anos depois de Os Vingadores. Tá aí o problema, por que esse tempo contradiz outros eventos, que já haviam sido confirmados oficialmente antes.

Indo além, o problema é ainda mais frustrante por que, sendo um intervalo de oito anos, vai resultar em alguns problemas na hora de encaixar todos os eventos para Vingadores – Guerra Infinita.

A Marvel estabeleceu a cronologia do MCU, usando eventos importantes ao longo dos anos. Capitão América: O Primeiro Vingador, puxa a fila em 1942, quando o Caveira Vermelha encontra o Tesseract. O próximo evento é em 1945, quando o Capitão salva o mundo, mas termina congelado no Ártico. Isso acontece 64 anos antes de Tony Stark revelar ao mundo que é o Homem de Ferro, portanto, o primeiro filme do ferroso acontece em 2009. Depois disso, Homem de Ferro 2, Thor e Incrível Hulk acontecem no intervalo de uma semana (Nick Fury trabalhou nessa semana). Em uma entrevista em 2013, Kevin Feige, chefão do Marvel Studios afirmou que Vingadores ocorre aproximadamente um ano após essa semana do inferno aí. Então nós temos:

  • Capitão América: O Primeiro Vingador – 1945
  • Homem de Ferro – 2009
  • Homem de Ferro 2 – 2010
  • Thor – 2010
  • O Incrível Hulk – 2010
  • Os Vingadores – 2011

So far, so good. E um erro comum das pessoas é acreditar que a Fase 1 segue a ordem dos filmes e pior, a ordem dos lançamentos. Então Vingadores teria acontecido em 2012, assim como Homem de Ferro 3, no fim daquele ano. E isso é uma noção válida, dependendo da sua interpretação dos eventos. Só que com essa passagem de 8 anos depois da Batalha de Nova York, coloca o filme do Aranha em 2019 ou 2020 na cronologia.

E o problema é que esse gap no tempo entra em conflito com os eventos de Capitão América: Guerra Civil, que é presumivelmente ocorreu em 2016, fato que já havia sido confirmado pela Marvel, um ano depois de Vingadores 2: A Era de Ultron. Ora porra, se os eventos de Homem-Aranha: De Volta ao Lar se passam alguns meses após a participação dele em Guerra Civil, a conta não fecha. Inclusive porque, durante Guerra Civil, o Visão estabelece que durante o filme os Vingadores existem há 8 anos desde que Tony Stark se revelou como Homem de Ferro para o mundo.

Confuso? Calma que piora. Guardiões da Galáxia piora as coisas, por que os dois filmes acontecem no mesmo ano, sendo que Guardiões Vol.2 tem datas que revelam que ambos se passam em 2014. E Kevin Feige já afirmou que tem um intervalo de 4 anos entre Guardiões Vol.2 e Vingadores: Guerra Infinita, o que coloca o terceiro filme dos Vingadores em 2018.

Então, resumindo:

  • Como Homem-Aranha: De Volta ao Lar pode se passar 8 anos depois de Vingadores e 6 meses após Guerra Civil, sendo que Guerra Civil se passa oito anos após Homem de Ferro?
  • Já está definido que De Volta ao Lar é uma trilogia, que vai seguir Peter por todo o colégio, ou Ensino Médio. Cada filme para um ano do colegial do Parker. Mas De Volta ao Lar 2 começa imediatamente após Guerra Infinita – Parte 2. Ou seja, Vingadores 3 e 4 se passam em um intervalo muito curto entre o fim do primeiro e início do segundo ano de Peter no colégio?

Mas tem conserto?

Confuso não? E por mais que os fãs digam que os detalhes mais específicos não importam (que conveniente hein fãs?), se você quer criar um universo coeso, uma das premissas é de que a cronologia precisa estar exata certo? Assim ninguém contradiz o filme do amiguinho ao lado. E isso seria resolvido simplesmente se Kevin Feige tivesse dado uma maneirada na língua sobre o intervalo de tempo entre Guardiões 2 e Guerra Infinita, que coloca o terceiro filme dos Vingadores em 2018.

Outra solução pra dar uma remendada, seria partir do princípio de que essa trilogia nova do Aranha teria que ser posicionada exatamente de acordo com a progressão de Peter no colégio. Então vamos supor que ele tenha sumido por um tempo, por conta dos resultados de Vingadores: Guerra Infinita? Isso faria com que ele voltasse para o colégio depois do esperado. Aí sim os eventos de De Volta ao Lar 2 ainda estariam se passando durante o colegial de Peter e após Guerra Infinita Parte 2. Ou simplesmente admitir que o tempo passou e não vamos seguir nessa linha de cada filme para um ano do colegial.

Como terceiro caminho, a gente tem aí a Jóia do Infinito que controla o Tempo, também conhecida como Olho de Agamotto, de posse do Doutor Estranho. Portanto, se for usado pelo Doutor, ou por Thanos. Solução preguiçosa? Sim, mas aí o tempo ficaria totalmente a mercê dos roteiristas. E vou falar mais: O fato do próprio Doutor ter usado a Jóia para resolver a disputa contra Dormammu pode ter causado fraturas no espaço tempo, o que explicaria qualquer maluquice ou inconsistência.

E você? O que acha? Complicado de entender essa linha do tempo? Vamos conversar sobre nos comentários!

Deixe uma resposta