Desde o Despertar da Força, parece que houve também o despertar quase infinito dos rumores. Todo mundo parece ter uma teoria sobre as muitas perguntas levantadas pelo filme e parece que Star Wars nunca foi tão assunto do mundo inteiro, como tem sido desde 17 de Dezembro.

Ainda tem menos de um mês do lançamento do filme e é difícil encontrar alguém que não tenha visto, ou que esteja alheio ao filme, a saga e tudo mais. Claro que o filme saciou a vontade dos fãs, pelo menos por enquanto, mas levantou milhares de questões sobre o que vem a seguir (o que dizer, somos ansiosos oras).

No entanto, só nos resta ir riscando os dias no calendário e ver quais respostas nós teremos em maio de 2017, quando Episódio VIII está marcado para estrear.

Como eu sou (bastante) ansioso, resolvi juntar aqui algumas teorias e algumas maluquices que andam rolando por aí sobre o Episódio VIII e dar a minha opinião sobre. Bora lá?

[SPOILERS À FRENTE. VOCÊ FOI AVISADO!]

Rey é uma Skywalker?

rey

“Quem você acha que é a Rey? O Luke é o pai dela?” Acho que essas são duas das perguntas que eu mais ouvi sobre O Despertar da Força. Em todos os lugares tem alguém com uma teoria própria sobre qual é a linhagem da Rey, muitas com provas inclusive. Por aqui, a Mari fez um artigo bem foda sobre uma teoria de que a Rey pode ser uma Kenobi.

O que nós temos de concreto? Isso mesmo, nadinha. Inclusive é um assunto que fica bem ambíguo no filme e de propósito. Da minha parte, espero que Ep. VIII traga algumas respostas.

Fica óbvio (talvez óbvio demais) quantos paralelos existem entre Luke e Rey. Ambos foram deixados em planetas desertos ainda muito jovens. Gostam de olhar pro horizonte, andam em speeders vermelhos e cresceram sem os pais. Ambos tiveram contato com a Força no primeiro filme, ganharam, de certa forma o sabre que foi de Anakin Skywalker e enfrentaram um vilão mascarado do Lado Sombrio. Muitos fãs acreditam que esses paralelos (e vários outros) e alguns trechos da trilha criada por John Williams, significam que Rey é filha de Luke, ou até sobrinha, já que ela seria filha da Leia.

Eu pessoalmente, até acho que ela seja filha do Luke, mas considerem que ela poderia só ser uma nova linhagem, sensitiva à Força e sem parentescos. Também acho MUITO provável termos mais respostas em materiais do Universo Expandido e talvez algum diálogo ou Flashback curto no Ep. VIII, mas apostaria minhas fichas em Universo Expandido aqui.

O Romance entre Finn e Poe

star-wars-tfa-hi-res-finn-poe-reunited-164851

A química entre os atores John Boyega e Oscar Isaac foi meio que óbvia. Desde a desajeitada fuga do Star Destroyer até o reencontro (com direito a mordida no lábio, né Poe?) entre outros momentos de alívio cômico ou cenas com mais emoção, foi mais que o bastante para a Internet se incendiar com uma idéia de que Finn e Poe poderiam ser mais que amigos. Poderia ser o nascimento de um casal, com aquele resgate da Rey na Starkiller sendo só um resgate mesmo, fofo e tal.

Intencional ou não, o fato é que ficou aberto, tanto que as pessoas levantaram e estão mesmo discutindo a possibilidade. Isso oferece uma oportunidade do diretor Rian Johnson deixar a sua marca em Star Wars – estabelecendo o primeiro romance homossexual em 30 anos de franquia.

Meus 20 cents: A idéia deve estar circulando nos corredores da Lucasfilm. Explicar ou não as preferências sexuais dos personagens em Episódio VIII. O Despertar da Força foi criticado por ser um ótimo filme, mas não ser ousado. Além disso, o romance #FinnPoe seria uma mensagem clara da franquia e da Lucasfilm, com representação à minorias, que sempre é uma boa idéia e não afeta diretamente o plot.

Snoke se confirmará como Darth Plagueis

ew-snoke-force-awakens (3)

No Despertar da Força, certamente a figura que gerou mais dúvidas e boatos foi o Supremo Líder Snoke, uma figura misteriosa, vista só algumas vezes através de um holograma GIGANTE dentro da Base Starkiller. Em episódio VIII é altamente provável que o vejamos em carne e osso, já que ele convocou o General Hux e Kylo Ren para onde ele está. O que significa mais cenas, mais longas envolvendo Snoke, que certamente terá mais diálogos e possibilitaria uma explicação um pouco melhor sobre aquela cicatriz gigante que ele tem na cabeça, bem como as outras deformações que ele tem na face.

E aí a internet explodiu com teorias de que Snoke na verdade seria Darth Plagueis, o Sith que treinou Darth Sidious – que por sua vez se tornou o Imperador Palpatine.

Resumidamente, a teoria reconecta com a história que Palpatine disse para Anakin em Ep. III – A Vingança dos Sith, explicando que esse tal Sith poderosíssimo, poderia “influenciar as Midichlorians e criar vida”, além de “impedir a morte das pessoas que ele amava”, até ser morto por Palpatine, seu então aprendiz. Mas e se Plagueis pudesse fingir a própria morte e ter sobrevivido sem que o Imperador soubesse?

Em Episódio VIII, veremos Snoke continuar o treinamento de Kylo Ren e a conversa teoricamente levaria até outros aprendizes que teoricamente ele possa ter tido ao longo desses anos. Ia ser um monólogo daqueles pra explicar a situação toda, para fazer a conexão com as prequels. Ao mesmo tempo, existem vários indícios de que essa teoria é furada, inclusive uma declaração do próprio ator que o interpretou, Andy Serkis, negando que Snoke é Darth Plagueis.

Eu acho que é furada mesmo e ele é um novo personagem, de repente até algum dos remanescentes do império que aparece no livro, Marcas da Guerra. Talvez tenha tido acesso à algum artefato Sith ou coisa do gênero.

Kylo Ren é um agente duplo

iqr9xvsjcxpnwuhfjmfx

A cena belíssima onde Kylo Ren (que então descobrimos se tratar de Ben Solo) mata seu pai, Han Solo, levantou duas teorias na cabeça dos fãs:

A primeira é de que ao matar seu pai, ele termina de ser abraçado pelo Lado Sombrio e por tanto, não tem volta. Ele deseja estar sob a tutela de Snoke e pensa estar honrando o caminho que seu avô (Darth Vader) percorreu.

Outra linha de pensamento é a de que Kylo Ren é um agente duplo e Han sabia disso. Kylo se juntou ao Lado Sombrio para se infiltrar na Primeira Ordem e encontrar um caminho para acabar com tudo em nome da Resistência. Portanto ele teria que matar Han, para não estragar o disfarce.

Não há nenhuma pista clara sobre isso em O Despertar da Força, mas Episódio VIII poderia ir mais à fundo nas motivações de Kylo Ren.

Minha opinião: Depois de matar o próprio pai, acho difícil acreditar numa redenção, é o tipo de coisa que não tem volta e eu acho que enfraqueceria o personagem e a história da nova trilogia. Agora, se ele realmente é um agente duplo, tem que ter alguma pista disso no próximo filme. Talvez durante o treinamento com Snoke, ou com algum tipo de missão, agindo pelas costas de Snoke. Certamente seria um plot twist de cair o queixo.

Eu cheguei a pensar nisso, que tinham muitos vilões e que talvez ele fosse passar para o lado da Luz, mas depois de ele matar o próprio pai e o personagem mais amado da saga, acho que fica difícil, por que vai virar uma galhofada e diminui a morte de Han Solo, que certamente não merece isso.

O Passado de Finn

Screen_Shot_2014-11-28_at_3.24.08_PM

Todo mundo está muito focado em Rey e em seu passado, principalmente por aquela troca de olhares com Luke Skywalker no fim do filme. Mas e se JJ Abrams atraiu a nossa atenção de propósito, pra na verdade direcionar o foco em outro personagem, cujo passado vai se tornar importante em Episódio VIII?

Será que tem mais do que a gente imagina em Finn? O único Stormtrooper que fugiu da programação mental e caiu fora, não pode ser um fato isolado e ordinário. Por que ele fez isso? Foi só uma crise de pânico e relutância em matar inocentes, ou tem mais coisa aí?

No filme, a platéia é informada de que os Stormtroopers da Primeira Ordem são tirados de suas famílias e treinados desde pequenos a não questionarem ordens. 23 anos de lavagem cerebral e treinamento foram embora por que um Trooper da mesma divisão foi atingido e sujou o capacete dele? Se você para para pensar, não pode ser assim tão fácil. Não faz sentido.

Se o diretor Rian Johnson quiser expandir essa subtrama, a teoria dos fãs é de que alguém dentro da Primeira Ordem deliberadamente enfraqueceu a sua lavagem cerebral e queria que Finn desertasse, por que esse alguém simpatiza com a Resistência e sabe que ele seria capaz de mudar de lado e fazer a diferença.

Essa eu também acho bem improvável, por que todos que foram mostrados como líderes da Primeira Ordem, parecem fanáticos nazistas, que não simpatizariam com Rebeldes ou Resistentes nem em um milhão de anos. O Finn de alguma forma se livrou dessa programação mental, talvez até por que seja um sensitivo à Força. Agora, se a Primeira Ordem tivesse tanto nego infiltrado assim, já teria acabado não?

O Retorno de Han Solo

Han-Solo-y-Chewbacca-ponen-el-_54429982991_54028874188_960_639

“Haverão alguns novos personagens e atores em Episódio VIII mas todos os atores que vocês vêem aqui hoje também estarão presentes.” Essa foi a frase de Kathleen Kennedy na premiere de O Despertar da Força em Londres, cercada pelo elenco do filme, incluindo o nosso querido Harrison Ford. Até aí, ela poderia só estar tentando evitar spoilers, mas uma lista para chamada de casting inclui Han Solo em Episódio VIII.

Como? Ele foi atravessado por um sabre-de-luz no coração ou bem perto dele (não que faria muita diferença). Depois caiu em um poço sem fundo e o planeta/arma/estação espacial explodiu. Então assim, não tem como ele não estar morto, nem como ter sobrado algum corpo, portanto não teremos funeral. E nem faria sentido, já que o funeral deveria ter sido nesse filme, não no próximo.

O que eu acho: O sabre-de-luz induziu uma porrada de visões na cabeça da Rey, que é o mais próximo que Star Wars já teve de um flashback, então, se tivermos outro em Ep. VIII, parece o jeito mais sensato de colocar o Han Solo no filme, ou talvez um sonho/pesadelo da Leia, visão da Força.

Sempre tem a opção do Fantasma da Força, mas o Han não era um Jedi, apesar de ter aceitado finalmente que a Força de fato existe. E já que ele é a versão do mestre nesse filme, papel que coube ao velho Ben Kenobi, seria mais uma ligação, mas seria uma forçação de barra. Acho que é 50-50 aqui. O nome dele está lá, mas como vai ser essa aparição que é o negócio.

Storytelling Não-Linear

MADRID, SPAIN - OCTOBER 15:  Director Rian Johnson attends 'Looper' photocall at ME Hotel on October 15, 2012 in Madrid, Spain.  (Photo by Pablo Blazquez Dominguez/WireImage)

MADRID, SPAIN – OCTOBER 15: Director Rian Johnson attends ‘Looper’ photocall at ME Hotel on October 15, 2012 in Madrid, Spain. (Photo by Pablo Blazquez Dominguez/WireImage)

O Despertar da Força foi uma jogada segura. Teve sucesso numa tarefa que só parece fácil: reconectar os fãs antigos, ao mesmo tempo que traz os mais jovens pra si. Tem um monte de elementos familiares de cara nova, por assim dizer. Agora que os fãs estão satisfeitos por não ter ido assistir a outro Episódio I, o Episódio VIII pode (e deve) se arriscar um pouco mais e ousar, já que está mais que provado que Star Wars é praticamente um tiro certo. Assim como a Marvel que assim que se sentiu segura veio com Guardiões da Galáxia e foi foda pra caralho.

De repente a ousadia vai vir em formato de história não-linear e experimentação com a estrutura narrativa. Pelo que eu tenho visto pelas internets, a visão/flashback/flashfoward da Rey foi bem aceita pelos fãs. De repente, quebrar uma narrativa linear dá mais espaço para brincadeiras e experimentações, mais do que o Abrams fez.

A teoria que rola no Reddit, sugere que Ep.VIII poderia se inspirar em O Poderoso Chefão – Parte II, com duas linhas narrativas, uma no presente e uma antes de O Despertar da Força, onde poderíamos ver mais sobre os Cavaleiros de Ren, os Acólitos do Além, a história de Snoke e o passado da Rey. Em paralelo, veríamos o que está acontecendo durante a linha do tempo atual.

Eu não sei se eles quebrariam a estrutura do filme nesse nível, seria realmente bem inesperado. Mas acho que visões/flashbacks/flashfowards vão estar lá, conforme a Rey descobre os seus poderes. E eu não me surpreenderia com um Anakin fantasma da Força.

Outro personagem clássico bate as botas

2D957D8700000578-3280234-image-a-17_1445336449812

Matar personagens sempre é difícil, ainda mais quando eles são assim icônicos. Com a morte de Han Solo, como você aumenta as apostas para o próximo filme.

A resposta direta e previsível seria “mate outro personagem!”, o que coloca os personagens da trilogia clássica em perigo. Será que eles eliminariam a Leia? ou talvez o Luke? Depois que o bastão passar de vez pra essa nova geração, os personagens da saga clássica não tem mais por que estar lá, seus arcos estão completos e eles podem sair de cena. Claro que sair de cena não quer dizer matar, mas ainda sim, eles são heróis e morrer como um, certamente traria impacto.

Entre Luke e Leia é difícil determinar quem teria mais chance. A Leia tem um papel-chave na Resistência, mas outras pessoas podem ser Generais. Já com Luke, bem, ele é o único Jedi na galáxia, pelo menos por enquanto e não pode morrer antes de treinar a Rey. Ou seja, vital para a história mover adiante.

Meu palpite: Acho que o Luke ainda vai se sacrificar, talvez para salvar a Rey e o Kylo Ren, mas não em Ep.VIII. Talvez na cabeça dele, ele consiga trazer o sobrinho para a Luz, assim como trouxe o pai. Além do mais não é segredo pra ninguém que assim que ele entrar na história, vai roubar toda a atenção, mas não agora, afinal ele ainda precisa treinar a Rey. Outra coisa que já passou pela minha cabeça é uma parada tipo Gandalf. Ele some aqui, mas aparece mais pra frente. A Leia é substituível na Resistência, mas eu acho que ela sobra pra ocupar o papel que era da Mon Mothma na saga clássica.

Acho que a Lucasfilm já deve ter considerado qual dos dois seria uma morte mais dramática. Seja qual for, não vai ser fácil superar o choque que foi ver o Han Solo morrer.

O Fantasma de Obi Wan…

Obi-Wan-Kenobi_6d775533

“Rey… esses são seus primeiros passos” é a fala de Obi-Wan Kenobi na tão falada visão que a Rey tem ao tocar o sabre-de-luz, no castelo da Maz Kanata. E com a magia da edição é uma mistura das vozes de Alec Guiness e Ewan McGregor. Parece que alguém está tentando deixar bem claro que o fantasma de Obi Wan ainda está à solta. O que significa que uma participação provavelmente não está fora de questão.

A última vez que nós o vimos foi no final de O Retorno de Jedi, sorrindo para Luke, mas Obi-Wan foi o guia espiritual de Luke o tempo todo na trilogia clássica. Mesmo após a sua morte, ele aparece para aconselhar o jovem Skywalker em momentos desesperados, o ajudando a salvar a galáxia. Se ele ainda não foi para a luz, faz sentido que esteja perambulando por aí, talvez até pentelhando o Luke lá na ilha.

Esses rumores começaram quando o Ewan McGregor gravou as falas para O Despertar da Força. daí pra começarem os rumores de que ele voltaria ao papel de Obi-Wan foi um pulo. Pensando bem, até seria um jeito de dar uma força (sem trocadilhos aqui) para as prequels, colocando uma de suas estrelas nos novos filmes.

Meu pitaco: Desde que caiba bem na história, acho válido. Luke claramente perdeu a fé na sua habilidade como Mestre Jedi e foi se esconder, então o seu antigo mestre aparece com algum conselho ou ensinamento, talvez até em um momento em que ele esteja relutante em treinar a Rey e jogaria o Luke de volta à história e à ação. Parece legal, não?

… e o Fantasma de Vader

kylo-ren-is-a-better-villain-than-darth-vader-in-the-force-awakens-no-really-763729

Falando em fantasmas, existem alguns fãs que acreditavam que Darth Vader poderia aparcer em O Despertar da Força (inclusive haviam concepts de um Anakin meio Vader, como se ele existisse em um limbo) e acreditam que ele possa aparecer na sequência. Esse negócio de ele aparecer num misto de Lado Sombrio e Lado da Luz é um pouco forçado, mas de repente ele aparece para o Kylo Ren em algum momento, será que não ficaria forçado?

Em O Despertar da Força, temos um diálogo entre Kylo Ren e o capacete de Vader. No entanto nunca fica claro que ele estava se comunicando com Vader ou só falando com a máscara, quase como um cristão fala com a imagem de um santo. E essa história dele estar entre a Luz e a Sombra, meio Vader e meio Anakin não faz sentido, por que ele abraçou a Luz e se redimiu ao salvar Luke. De qualquer maneira, a essência desse conceito pode ser aproveitada pelo diretor do próximo filme, Rian Johnson. Se Luke pode ver Obi Wan, por que Anakin/Vader não pode se manifestar para Kylo Ren.

Meu pitaco: Acho que a aparição de Anakin pode rolar. Principalmente por que Kylo Ren acha que eliminou o último elemento que poderia o tentar para voltar para o lado da Luz, seu pai, Han Solo. E se Anakin aparecer como um espírito, para funcionar como a consciência que Kylo Ren acha que enterrou? Para repreendê-lo e tentar evitar que ele cometa os mesmos erros que levaram Anakin a se tornar Vader? Quanto a ele estar preso entre a Luz e a Sombra, acho improvável. Como eu disse acima, isso iria contra a redenção concluída em o Retorno de Jedi. Mas a idéia de ter um fantasma da Força que transita pelos dois lados, ainda sim deve ser bem impressionante. Mesmo que isso signifique ter que aguentar mais Hayden Christensen em Star Wars.

E aí? O que você espera do Episódio VIII? Deixa aí nos comentários!

About The Author

Designer, publicitário, nerd desde sempre, guitarrista frustrado e ficando cada dia mais careca. Fã de quadrinhos, tecnologia, pizza, Rock e chegado em jogar videogame quando não tem nada melhor pra fazer. Alguns diriam que eu sou um hipster daqueles, mas não uso óculos (ainda).

Related Posts

One Response

Deixe uma resposta