A Industrial Light & Magic resolveu mostrar um pouco sobre como é o trabalho para a geração de cenários quase que totalmente digitais. E eu imagino que em Jurassic World deve ter sido um trabalho hercúleo deixar cada coisa em seu lugar, imaginar cada cena, cada ângulo já prevendo o que seria inserido digitalmente. Mas com certeza todo esse esforço valeu a pena, afinal em 2015, quando o assunto é bilheteria mundial, Jurassic World só perdeu para o 7º filme da saga Star Wars.

Dá uma olhada no hardwork dos caras:

Deixe uma resposta