O mercado de games vem sendo muito frutífero para diversas empresas, e como eles não são bobos, nem nada, a Disney também queria tirar proveito dessa tão farta indústria. Entraram de cabeça num segmento muito específico, o de toys-to-life, que para quem não sabe, são aqueles jogos que necessitam de bonecos físicos especiais, de um determinado personagem, para que você o use no jogo em questão. Uma mina de ouro, visto que além do jogo, que geralmente vem com um starter-pack, você precisaria comprar mais bonecos para jogar e, de quebra, colecionar.

Com muitas franquias de peso sob sua batuta, a Disney resolveu lançar a série Disney Infinity, que trazia personagens consagrados como Sully, de Monstros S.A, Jack Sparrow e o Senhor Incrível, no pacote inicial.

Packaging_en_US

Vendo o sucesso que a franquia dos Vingadores fez nos cinemas, eles queriam mais dinheiro, claro! E resolveram lançar, em Abril de 2014, o Disney Infinity: Marvel Super Heroes,

Disney_Infinity_Marvel_Super_Heroes_Collectors_Edition

Bom, ninguém duvidava que Star Wars iria aparecer nessa também, né? Dito e feito! E Maio de 2015, a companhia liderada por Bob Iger anunciou Disney Infinity 3.0, que tinha como personagens principais os da saga criada por George Lucas, mas também trazia a Hulkbuster!

inf3-esrb-packshot-2b51b029e95ea74b9844aae399021b76

Tudo muito bem, certo? Errado. A empresa aproveitou o fechamento do resultado fiscal de 2015 para anunciar que descontinuaria a franquia e que fechará a Avalanche Software, estúdio responsável pelo desenvolvimento dos jogos.

Em nota, a Disney se expressou:

Após uma avaliação completa, modificamos nossa abordagem aos jogos para console e faremos uma transição exclusivamente para o modelo de licenciamento,” diz um comunicado enviado à imprensa. “Essa mudança de estratégia cessará a produção do Disney Infinity, onde a falta de crescimento do mercado de toys-to-life junto com o alto custo de desenvolvimento criou um desafiador modelo de negócios. Isso significa o fechamento da Avalanche, nosso estúdio interno que desenvolvia o jogo. Essa foi uma decisão difícil que não tomamos levianamente dada a qualidade do Disney Infinity e seus muitos fãs apaixonados.

Dois pacotes ainda serão lançados esse ano, um baseado em Procurando Dory, e outro em Alice Através do Espelho. Quem estava investindo nos bonecos, é melhor correr, pois a tendência é que fique cada vez mais difícil de encontrar os personagens.

Deixe uma resposta