Fazia algum tempo que eu não me entusiasmava com um jogo da franquia Splinter Cell. Sempre gostei dessa coisa de espionagem, stealth, mas confesso que quando comprei o primeiro título da série, ainda para PC, e o meu não era lá essas coisas, travava direto e tal, e no Playstation também não curti, acabei meio que deixando pra lá.

Depois veio a geração do PS3, mas não tinha Splinter Cell. Mas agora tudo mudou! Splinter Cell: Blacklist vem aí, e aparentemente a trama do single player é bem legal.

Na trama do jogo, os EUA marcam presença militar em dois terços dos países do mundo. Um grupo com 12 terroristas, querendo minar esse domínio (leia-se destruir os EUA) inicia uma operação de nome “Blacklist“, ou seja, uma série de atentados e ataques contra os interesses americanos.

Dessa vez, Sam Fisher é o líder de um grupo conhecido como Fourth Echelon, unidade especializada em combater grupos terroristas. A equipe de Fisher age clandestina, respondendo diretamente ao presidente dos EUA e terão que caçar os terroristas, impedindo a operação Blacklist antes que esteja tudo perdido para os US and A.

Além de tudo isso, ainda parece que teremos um belo modo multiplayer: Spies vs. Mercs

Splinter Cell: Blacklist será lançado dia 20 de agosto, que tá logo aí e eu estou pensando seriamente em comprar o meu.

 

About The Author

Designer, publicitário, nerd desde sempre, guitarrista frustrado e ficando cada dia mais careca. Fã de quadrinhos, tecnologia, pizza, Rock e chegado em jogar videogame quando não tem nada melhor pra fazer. Alguns diriam que eu sou um hipster daqueles, mas não uso óculos (ainda).

Related Posts

Deixe uma resposta