Você certamente já ouviu falar de Joss Whedon, certo? O cara é o responsável pelos dois primeiros filmes dos Vingadores em parte responsável direto pelo sucesso do MCU. Além é claro de Buffy: A Caça Vampiros, Serenity, Firefly e não podemos esquecer que ele também teve um envolvimento com Agents of SHIELD. Ou seja, o cara é foda.

E de acordo com a Variety, esse mesmo Joss Whedon, cara foda, está a detalhes de fechar um acordo com a Warner Bros. para produzir, roteirizar e dirigir um filme solo da Batgirl. Acho que essa é a primeira notícia sobre o Universo DC nos cinemas que eu realmente fico empolgado em escrever.

Por enquanto o acordo não foi fechado, mas o projeto que nasceu só no mês passado ainda deve ter pelo menos a presença de Geoff Johns como produtor, já que a ideia nasceu de um encontro entre Whedon, Johns e Jon Berg.

A única participação da Batgirl nos cinemas foi a esquecível versão presente em Batman e Robin, interpretada pela Alicia Silverstone, que não é esquecível, ao contrário do filme e da personagem.

De qualquer maneira, a Batgirl é de muitas maneiras uma das super-heroínas mais populares do mundo e claro, nunca teve um filme para chamar de seu. Parece que com a febre de filmes de super-herói, vai ser bem difícil achar um momento melhor. A ideia é contar ainda com outros personagens desse universo do Batman.

A primeira aparição da Batgirl foi em 1967, pelas mãos de Carmine Infantino e Gardner Fox, onde a filha do Comissário Gordon, Barbara Gordon, resolve entrar na vida do vigilantismo, se vestir de morcega e sair tampando meliante na porrada nas noites de Gotham. Se rolar tudo bem, será o segundo personagem feminino a ter um papel de protagonista no Universo DC (Vamo Marvel, agiliza essa Viúva Negra aí).

 

Depois do Zack Snyder cagar em todos os filmes em que esteve envolvido desde o Homem de Aço, parece que a DC tá procurando novas visões que não sejam o fiasco que foram Batman V Superman: A Origem da Justiça e Esquadrão Suicida.

A DC ainda estreia esse ano nos cinemas com Mulher-Maravilha (2 de Junho) e Liga da Justiça (17 de Novembro). A lista de filmes para o futuro da DC ainda inclui filmes solo do Aquaman, Flash, Cyborg, mais um do Batman, que tá um rolo danado, Shazam, a sequência de Esquadrão Suicida e um Spinoff, Gotham City Sirens, que vai contar com a Arlequina, claro.

Vamos torcer para Whedon não se influenciar pelo cagalhão que anda o Universo DC nos cinemas

 

Deixe uma resposta