Quando você pensa “BGS”, é mais do que natural você pensar nos dois maiores players dos consoles hoje, que são PlayStation e XBox. Afinal, eles são os que investem mais pesado nesse tipo de evento, trazendo jogos AAA pra galera jogar ou, quando não dá pra jogar, tem sempre um hands-off closed doors com algum produtor de um certo jogo mostrando alguma demo e se dispondo para bater um papo.

É claro que outras empresas também investem na feira, para que possam mostrar seus novos lançamentos para o grande público, como Razer, ASUS, WB Games, EA e entre outros. Mas nesse post, eu quero dar um destaque especial para a NVIDIA. Ela é uma grande conhecida dos PC Gamers, visto que ela produz as melhores placas de vídeo do mercado.

sam_3929

Um stand de 500m² esbanjava poder de processamento gráfico. As estações contavam com a recém-lançada plataforma GeForce GTX série 10, tudo isso rodando em monitores G-SYNC e notebooks das melhores fabricantes de PC gamers do país.

sam_3557

Entre os games disponíveis no stand deles, destaque para Tekken 7 era um exclusivo da NVIDIA, que estava rodando em resolução 4K. Gears Of War 4, Hard Reset Redux, For Honor, Overwatch e Dead By Daylight eram os outros jogos disponíveis, tudo isso rodando no seu primor gráfico e na sua melhor performance, visto que eram todos alimentados pela GeForce GTX 1080, o mais novo lançamento da NVIDIA. Eu tenho quase certeza que vi um The Witcher 3 perdido ali no meio também…..

Ah, não tem como falar do stand deles sem também falar do simulador de Project CARS – GoTY que ali estava. Eram 3 monitores 4K e uma estação (?) simuladora de um cockpit de um carro de corrida que simplesmente te transportavam para dentro do jogo. Eu joguei e posso dizer que imersão era total. Para onde você olhava, você via a pista de corrida. Era fantástico!

dsc_0099

Eu disse que ia dar destaque para NVIDIA porque eles realmente foram com peso. Além de tudo isso que eu já disse, ainda tinha a cabine VR. É, amigos, os caras mandaram bem! Os jogos estavam disponíveis para teste num HTC Vive, que é um dos principais VRs que figuram nessa disputa pelo novo mercado. Você podia se aventurar em escalar a montanha mais alta do mundo com Everest VR ou se divertir no casual NVIDIA VR Funhouse, que combinava diversos mini-games. Tinha também um jogo mais tenso, que lembrava muito o Atividade Paranormal e, é claro, que eu tive que jogar esse por imposição do Léo. Sim, calma, o Léo filmou eu jogando e tomando sustos, e tudo isso você vai conferir quando nosso resumão BGS sair!

Ainda tivemos tempo de testar o For Honor, nova IP da Ubisoft. Eram 10 minutos de tutorial e 10 minutos de batalha 4×4. No começo fiquei um pouco perdido, mas aos poucos fui pegando o jeito e acabei gostando bastante do jogo!

sam_3937

Em resumo, a NVIDIA veio com tudo e mandou muito bem! Eram um stand bem variado, com diversas atrações, não só diferindo em gêneros de jogos, mas também trazendo diversos meios de jogo. Tinha jogo em simulador, tinha VR, tinha PC, tinha console… era só escolher!

NVIDIA, nos vemos na BGS 2017, certo? :D

About The Author

Formado em Ciência da Computação pela Universidade Anhembi Morumbi, sou um nerd. Tenho uma queda pelos produtos da Apple e seus serviços. Adoro ficar jogando video-game, nerdiando pelo computador, seja nas interwebs ou programando quando necessário. Possuo em meu arsenal nerd: MacBook Pro, iPhone, iPad, PS4, e Xbox 360.

Related Posts

Deixe uma resposta