Desde que a Disney comprou a Lucasfilm e transformou todo o Universo Expandido em Legends, para poder recriar o futuro da saga, muito material bom deixou de ser canônico. Mas como dito à época, alguns elementos seriam reincorporados ao novo cânone oficial. Essa semana um trecho do novo livro, Star Wars: Thrawn, escrito pelo genial Timothy Zahn (meu amigo, afinal já conversamos nos bastidores da CCXP e eu tive a oportunidade de cumprimentá-lo) a ser lançado no dia 11 de Abril nos US and A revelou que antes de ser Almirante, antes mesmo de sequer fazer parte do Império, Thrawn já tinha informações sobre o Imperador Palpatine/Darth Sidious.

O trecho revelado é do começo do livro e mostra o primeiro encontro entre Thrawn e Palpatine, onde o futuro Grão Almirante do Império se oferece para servir ao Império Galático. Thrawn dá a sua palavra e lealdade ao Imperador e diz que “Talvez o seu servo possa confirmar a força desse voto”. Thrawn ainda prossegue dizendo que esse “servo” do Imperador “sempre falou muito bem do Chanceler Palpatine”.

O que isso significa? Ora padawan, significa que esse “servo” conhecia Palpatine desde antes do Império ser formado, Ordem 66 e aquele golpe de estado. Significa também, que na época em que Thrawn conheceu o tal “servo” antes da queda da República. Quem nós conhecemos que era o cachorrinho de estimação do Palpatine pré república? Ele mesmo, Anakin Skywalker. Não Darth Vader. Então em algum momento, Anakin conheceu Thrawn e a sua raça, os Chiss, contou tudo sobre Palpatine. Isso foi mais do que suficiente para que Thrawn com toda a sua perspicácia, sacasse que Palpatine estava transformando Anakin em um servo. Em um diálogo aparentemente raso, mas que serve para mostrar tanto como Anakin foi trouxa, quanto o poder de observação de um mestre estrategista, como Thrawn.

O trecho ainda mostra Thrawn falando sobre os perigos escondidos nas Regiões Desconhecidas, que Palpatine diz que vai investigar pessoalmente. Em Aftermath: Empire’s End, nós descobrimos que Palpatine estava mesmo obcecado em explorar além da galáxia conhecida e assim como no Universo Legends, Thrawn havia mesmo sido exilado e que ele não se vê servindo o Império ou o seu povo, os Chiss. Então você acaba de descobrir que o background de Thrawn não mudou nadinha do universo Legends, pode ficar tranquilo. Já sobre esses perigos das Regiões desconhecidas, ainda não podemos afirmar nada, mas no Universo Legends eram os Yuuzhan Vong.

 

No Universo Legends, os Vong eram seres de outra galáxia que provocariam uma guerra de proporções épicas contra o Império se eles tivessem invadido a Galáxia conhecida. No entanto não deu tempo disso acontecer, por que Palpatine e o Império foram derrotados na Batalha de Endor e os Yuuzhan Vong só chegaram um ano após esse evento. Eles invadiram a galáxia e causaram um dos conflitos mais sangrentos do antigo cânone de Star Wars. Essa era a espécie que os Chiss combatiam na borda da Galáxia conhecida.

Não dá pra afirmar que a Disney vai trazê-los para o novo cânone, mas acho que é uma possibilidade, pode acontecer. Ou se não trouxer integralmente, colocar alguns elementos.

Os Vong também são conhecidos por serem resistentes à Força. Só os usuários mais poderosos conseguem ferí-los. E por usuários mais poderosos me refiro a Jedi de Luke Skywalker pra cima.

Star Wars: Thrawn infelizmente ainda não tem data de lançamento no Brasil. Mas acho que podemos aguardar ansiosamente, parece que vai ser um livro bem bom.

Deixe uma resposta