Se você, assim como eu, acompanhou a saga de Harry Potter nos livros, depois no cinema e foi crescendo conforme foi lendo/vendo, essa pergunta certamente já passou pela sua cabeça.

Muito embora a própria autora, JK Rowling tenha deixado bem claro que não existe força, feitiço, maldição ou azaração mais poderosa que o amor no universo que ela criou, é impossível não pensar nessa questão. E claro que com o número gigante de fãs da saga, todos tem os seus preferidos e todos já devem ter feito, pelo menos mentalmente uma lista parecida com essa pra tentar provar pros outros quem é o mais poderoso. E olhando para os livros principalmente, é até bem tranquilo de descobrir quem são os mais poderosos. Vamos a eles?

15 – Aberforth Dumbledore

Com um passado traumático, o irmão de Alvo Dumbledore escolheu ser apenas um coadjuvante na história, apesar de seu potencial. Mas isso não quer dizer que Aberforth não tivesse potencial, afinal, olha de quem o cara é irmão.

O maior feito dele foi resistir a um duelo a três, com os dois magos mais poderosos que já pisaram na Terra, quando Gellert Grindewald tentou usar uma maldição contra ele e seu irmão entrou pro meio. O duelo, resultou na morte de Arianna, irmã de Alvo e Aberforth. O mais curioso disso tudo, foi que ele, considerado um mago limitado, conseguiu se defender de uma maldição Cruciatus e resistir ao duelo. Aberforth ainda participou da Batalha de Hogwarts, estuporando um dos melhores Comensais da Morte, Rookwood, além de ter sido o responsável por vigiar a única passagem secreta segura para fora do castelo.

14 – Bartô Crouch Jr.

Um dos primeiros bruxos a conseguir fugir de Azkabam, inclusive antes mesmo de os Dementadores se aliarem a Você-Sabe-Quem. Isso é um feito digno de nota, apesar de que não dá pra contar como um feito mágico. Mas tem mais sobre esse Comensal da Morte.

Primeiro ele era parte do grupo que usou a maldição Cruciatus na família Longbottom, que não era tarefa simples, resistiu à maldição Imperius e pra completar ainda derrotou e sequestrou Alastor Moody, para poder se passar por ele. Ou seja, o cara tirou o maior Auror e excelente duelista de circulação, tinha que dominar a arte de fazer a poção polissuco, dominar as três maldições imperdoáveis, ser um mestre na Oclumência, para esconder que ele não era Moody e de quebra, ainda transformou Draco Malfoy num furão, provando que ele era fera em Transfiguração. Um mago psicopata bem completo, não?

13 – Antonin Dolohov

Não se engane com os coadjuvantes no mundo da magia. Um dos mais infames Comensais da Morte, Dolohov é um dos mais poderosos e perigosos bruxos das trevas. O foco da sua habilidade com magia é justamente ferir os inimigos. Quanto mais melhor. Psicopata e sádico, é quase um assassino em massa. Foi capaz de derrotar Alastor Moody e mais tarde, durante a Batalha de Hogwarts assassinar Remo Lupin antes de cair diante do Professor Flitwick.

12 – Kingsley Shacklebolt

Esse é um personagem que eu particularmente sou fã e acho que podia ter sido melhor utilizado nos filmes, talvez até ganhar uns contos solo, das aventuras dele como auror. Fica aí a dica Rowling, eu sei que você tá lendo isso.

Nos livros ele prova que é um duelista dos bons, derrotando Rookwood no Departamento de Mistérios e enfrentando Bellatrix Lestrange de igual para igual. Antes disso ele duelou com cinco Comensais e Voldemort, durante a fuga de Harry da Rua dos Alfeneiros. O auror ainda voltou a enfrentar Voldemort durante a Batalha de Hogwarts. Depois disso você entende porque ele foi o auror destacado para proteger o Primeiro-Ministro trouxa e porque ele se tornou o Ministro da Magia.

Só pra terminar, o patrono do cara é uma Pantera. Precisa mais?

11 – Remo Lupin

Apesar do seu problema com a lua cheia (sim, ser um lobisomem traz problemas), Lupin foi um dos estudantes mais talentosos da sua época em Hogwarts. Membro dos Marotos, ele já era muito promissor na adolescência, já que a magia contida no mapa do Maroto não era simples.

Já como adulto, mesmo com as limitações físicas, Lupin era um duelista de primeira, aparecendo em ação várias vezes durante a série. Infelizmente morreu durante a Batalha de Hogwarts, após enfrentar vários comensais simultaneamente e derrotar todos, acabou sendo assassinado por Antonin Dolohov.

10 – Harry Potter

Há quem diga que o nosso protagonista na verdade nem é lá essas coisas. Ao longo da história Harry contou com muita ajuda, de muita gente muito mais talentosa do que ele. Algumas vitórias dele foram até meio sem querer. Mas ninguém é o escolhido por acaso não é mesmo?

Pra começar ele sobreviveu a duas maldições da morte e o seu potencial como estudante (esqueça as partes onde ele é um herói) era grande. Um patrono corpóreo e ensinar outros como fazê-lo, certamente é algo notável. Harry também tinha habilidades excepcionais em Defesa Contra Artes das Trevas. Depois de Hogwarts, talvez por possuir as três Relíquias da Morte, a sua carreira de Auror tenha decolado, inclusive com ele mesmo se tornando o Chefe do Departamento de Aurores do Ministério da Magia.

9 – Filius Flitwick

O menor professor de Hogwarts é outro que as pessoas não dão muito crédito. Seria o tamanho talvez? Mas as aparências enganam. Professor Flitwick é um dos bruxos mais notáveis do mundo. Só assim para manter o emprego tanto tempo em Hogwarts.

Mas além de professor, Flitwick é considerado o maior mestre dos feitiços vivo, que dá um crédito bom, além de ter construído uma história como duelista. Não podemos esquecer também que ele foi o responsável pelos feitiços de proteção durante a Batalha de Hogwarts, na verdade, acho que ele era quase o Chefe da Segurança, já que os feitiços foram decisivos para segurar o avanço de Voldemort. Para completar, ele pode ter derrotado Dolohov, apesar de que não há confirmação, um dos bruxos das trevas mais poderosos.

8 – Horácio Slughorn

Olha só, não existe nenhuma indicação de que ele seja um bruxo mega poderoso, apesar das tentativas dos Comensais da Morte de recrutarem ele. O real talento de Horácio Slughorn é a produção de Poções. Um estudioso da magia (inclua aí as Artes das Trevas) e o seu domínio de Oclumência e Transfiguração o tornam um bruxo quase inigualável nessas cadeiras. Inclusive por falar em cadeiras, para um humano se transfigurar em uma, certamente assegura a habilidade de Slughorn.

Não vamos deixar de lado o fato de ele ser um excelente duelista, sobrevivente da Batalha de Hogwarts, onde duelou contra Voldemort, ajudando Minerva McGonagall e Kingsley Shacklebolt e despachou alguns Comensais da Morte durante a mesma batalha.

7 – Minerva McGonagall

Ninguém vira o braço direito de Dumbledore E Diretora de Hogwarts sem ser um bruxo notável. No caso, uma bruxa. Especialista em Transfiguração, ela não é apenas uma Animaga, ajudou também a defender Hogwarts com uma série de feitiços. Lembra das Armaduras que ganharam vida? Então, foi ela.

Além disso ela derrotou dois comensais poderosos, os irmãos Carrow, um estuporado e o outro utilizando a maldição Imperius. Duelou com Voldemort (junto com Kingsley Shcaklebolt e Horácio Slughorn) e passou por duas guerras bruxas na linha de frente sem um arranhão. Essa véia é porreta.

6 – Alastor Moody

Bom, apesar de ser um lendário Auror, tudo que a gente vê mesmo do Moody, na verdade é o Bartô Crouch Jr. disfarçado. Mas o “Olho-Tonto” é o maior Auror, pelo menos até Harry Potter assumir o posto. E essa reputação não vem de graça né? Inclusive custou umas partes do corpo dele mesmo. Quase a versão bruxo do Rambo, um exército de um homem só, responsável por encarcerar a maioria dos criminosos mais notórios que passaram por Azkaban. Foi exatamente por isso que ele acabou morrendo, sua fama fez com que Voldemort se preparasse para eliminá-lo, sabendo que ele estaria guardando Harry pessoalmente durante a fuga da Rua dos Alfeneiros.

A fama não vinha à toa. Moody era expert em Feitiços, Transfiguração, Magia Defensiva, Herbologia e Poções. Mesmo depois de morto, os feitiços de proteção eram tão poderosos no Largo Grimmauld, que Voldemort não conseguiu passar por eles.

5 – Bellatrix Lestrange

Outra bruxa das trevas formidavelmente poderosa. Tanto quanto o lendário Antonin Dolohov. Pra mim, mais habilidosa e muito mais perigosa do que ele. Completamente desequilibrada e instável, de alguma forma conseguiu crescer nas fileiras dos comensais, se tornou uma das servas mais leais de Voldemort, inclusive ganhando seu respeito, coisa bem difícil de acontecer.

Mestra nas Artes das Trevas, com uma preferência muito especial pela maldição Cruciatus, duelista incrível e cheia de recursos, Bellatrix derrotou uma série de Aurores muito poderosos e foi a última Comensal da Morte a ser capturada durante a Batalha de Hogwarts, responsável pelos assassinatos de Ninfadora Tonks e Sirius Black. Ah sim, matou o Dobby também, provando que é habilidosa em arremessar facas.

4 – Severo Snape

De princípio um babaca, depois um vilão, por fim um herói talvez, romântico incompreendido. Snape tem um monte de facetas, sendo bem difícil de ler as suas reais intenções a maior parte do tempo. O fato é que Snape é um bruxo extremamente poderoso. Possuia uma habilidade para Poções sem igual, era um habilidoso Leitor de Mentes e um excelente duelista.

Capaz de voar sem uma vassoura, habilidade só demonstrada por Voldemort e ele mesmo, habilidoso com feitiços das trevas e criador de uma série de feitiços avançados quando ainda era estudante, incluindo Sectumsempra, o feitço de cura Vulnera Sanentur, Langlock, Muffliato e Levicorpus. Se não fosse o amor dele por Lily Potter, ele teria tranquilamente empatado com Voldemort. E pra terminar, mesmo após se tornar um Comensal da Morte, ele ainda conseguia produzir um Patrono, sinal de que ele manteve sua humanidade.

3 – Lord Voldemort

O fim dele foi ser destruído pelo amor (embora alguns digam que por sua própria estupidez e arrogância), Lord Voldemort ascendeu ao poder de uma maneira sem precedentes, se tornando talvez, o maior Lorde das Trevas de todos os tempos.

Desde criança, ainda Tom Riddle era capaz de grandes e terriveis atos de magia, mesmo sem uma varinha na mão. E foi na infância que ele já se tornava um talento sem precedentes, subindo cada vez mais a barra de suas habilidades mágicas de uma maneira aterrorizante e surpreendente para todos. Mesmo com uma varinha que não era a sua era capaz de encarar oponentes poderosos e era um dos poucos bruxos capaz de voar por si só.

Sem as suas limitações e o fato de que ele criou seu próprio arqui-inimigo, Voldemort chegou ao topo. Poderoso e habilidoso em todos os campos da magia, só o seu nome já inspirava terror, tanto que ninguém, exceto Dumbledore ou Harry (por petulância) o ousavam falar.

2 – Gellert Grindewald

Há quem diga que Voldemort é o equivalente ao Hitler dos bruxos, mas eu acho que esse título cabe melhor para Gellert Grindewald, um assassino nefasto muito mais interessado em subjugar ou destruir os trouxas inferiores, do que deixar seu nome na história.

A vida de crime começou cedo, sendo expulso de Durmstrang, onde ele construiu a reputação de um dos melhores estudantes a pisar na escola, até o seu pequeno experimento vir à tona. Com um intelecto claramente muito superior ao resto, usado para se aprofundar no conhecimento da magia e de dominar a prática, sendo capaz de feitos incríveis como se tornar invisível sem uma capa ou explodir adversários com um abanar da varinha.

Durante seu período disfarçado como Percival Graves ele ainda provou ser um mestre da Oclumência, sendo capaz de enganar os bruxos na MACUSA, onde ele chegou a uma posição de destaque na equipe de Execução das Leis da Magia, muito provavelmente por que ele era um um mestre em Defesa Contra as Artes das Trevas.

1 – Alvo Dumbledore

O Professor Alvo Percival Wulfrico Brian Dumbledore, Ordem de Merlin, Primeira Classe, só poderia ser o primeiro lugar do nosso top 15. Um dos diretores mais famosos e importantes de Hogwarts, Dumbledore era uma lenda viva, uma personalidade complexa, mas de bom coração e um desejo ardente de que a luz prevalecesse sobre as trevas. Mestre da Varinha das Varinhas, foi o responsável por derrotar Grindewald, inspirava medo em Voldemort e comentou quase casualmente como seria fácil escapar de Azkaban. Tendo sido o Mestre da Morte, possuidor das três Relíquias e com habilidades mágicas incomparáveis, seja qual for a época. Dumbledore é o maior bruxo de todos os tempos. E esse é a única posição do Top 15 que eu não aceito discussão!

Mas e você? Quais são os bruxos mais poderosos de Harry Potter pra você? Deixa aí nos comentários!

 

About The Author

Designer, publicitário, nerd desde sempre, guitarrista frustrado e ficando cada dia mais careca. Fã de quadrinhos, tecnologia, pizza, Rock e chegado em jogar videogame quando não tem nada melhor pra fazer. Alguns diriam que eu sou um hipster daqueles, mas não uso óculos (ainda).

Related Posts

Deixe uma resposta