A adaptação cinematográfica do livro Sete Minutos Depois da Meia-Noite, que estreia dia 05 de janeiro (vulgo amanhã) nos cinemas brasileiros, é uma das favoritas ao Goya, principal prêmio do cinema espanhol. Baseado na obra homônima recém-lançada no Brasil, pela Novo Conceito, e dirigido por Juan Antonio Bayona (O Impossível, O Orfanato), o longa conta a incrível história de Connor O’Malley (Lewis MacDougall), um garoto que tem vários problemas: a mãe (Felicity Jones, a Jyn Erso de Rogue One) enfrenta um câncer, a avó (Sigourney Weaver) não gosta muito dele, o pai (Toby Kebbell) está sempre ausente e os seus colegas de escola não o deixam em paz. Seu único amigo é um monstro-árvore (Liam Neeson) com quem se encontra todas as noites para contar e ouvir histórias.

A premiação será no dia 04 de fevereiro e o filme concorre em 12 categorias. As principais são: Melhor Filme, Melhor Direção, com Juan Antonio Bayona, Melhor Atriz Coadjuvante, com Sigourney Weaver e Melhor Roteiro Adaptado, com Patrick Ness, o próprio autor do livro que inspirou o longa.

Olho nesse filme, eu acho que promete. Pelo menos o elenco e o trailer são incríveis. Confere aí:

SOBRE O LIVRO: Originalmente publicado em 2011, a obra Sete minutos depois da meia-noite, do escritor americano-britânico Patrick Ness – que foi iniciada pela falecida prematuramente Siobhan Dowd – narra a história de Conor O’Malley, um garoto de 13 anos que, apesar da pouca idade, está com muitos problemas na vida. O livro discorre sobre medo, perda e solidão, mas também fala de amor, coragem, compaixão e esperança, essenciais para ultrapassá-los. O Livro foi lançado no Brasil, pela Editora Novo Conceito.

About The Author

Designer, publicitário, nerd desde sempre, guitarrista frustrado e ficando cada dia mais careca. Fã de quadrinhos, tecnologia, pizza, Rock e chegado em jogar videogame quando não tem nada melhor pra fazer. Alguns diriam que eu sou um hipster daqueles, mas não uso óculos (ainda).

Related Posts

Deixe uma resposta